Site Meter Núcleo de Fotografia de Campinas - NUFCA

segunda-feira, 3 de abril de 2017

6º CONCURSO FOTOGRÁFICO SOS AÇÃO MULHER E FAMÍLIA - Galeria Virtual

Galeria Virtual do 6º CONCURSO FOTOGRÁFICO SOS AÇÃO MULHER E FAMÍLIA



Abandonado
Víctor Hugo Casillas Romo - Zapopan, Jalisco, México

Hereditariedade
Marilton Trabuco - Camaçari, BA 

Tradição
Marilton Trabuco - Camaçari, BA

Família, estamos em extinção!
Thiago Malkowski - Florianópolis, SC

Mãe é aquela que ama!
Cristina Wilberg - Barcarena, PA

Mãe e filha
Katia Carvalho - Rio de Janeiro, RJ

Mãe e filhas
Katia Carvalho - Rio de Janeiro, RJ

Afeto
Dália Hofmann - Brasília, DF

Eu nutro onde eu quero
Dália Hofmann - Brasília, DF

Multifacetado
André Castellan - São Paulo, SP

Tecnofamiliar
Matheus Vieira - São José, SC

Família é o que fica
Weydilla Cordeiro - Samambaia, DF

Juntas no Brasil
Ilana Goldsmid - São Paulo, SP 

Pai caminhoneiro, família caminhoneira
Ilana Goldsmid - São Paulo, SP 

Mãe nossa de cada dia
Márvila Araújo - Vila Velha, ES

Nascimento espontâneo. Adoção
Aline Pinheiro - Monte Mor, SP

Todo dia
Aline Pinheiro - Monte Mor, SP

Amigo irmão
Raphael Castello - São Paulo, SP

Século XXI: um novo modelo de família
Joabes Vieira - Vitória da Conquista, BA

Família carente
Wagner Friaça - Brasília, DF

Mulher superando adversidades da vida 
Albino Mahumana - Matola, Moçambique

Família em trânsito no século XXI
Lucinea Rezende - Londrina, PR

Cuidar
Ney Marcondes - Castanhal, PA

Proteção
Ney Marcondes - Castanhal, PA

Família do sertão
Mônica Flávia - Aracaju, SE

Família indígena
Beto Fontes - Juiz de Fora, MG

Mulher e menina, mãe, filha e a rua
Vitor Miranda - São Paulo, SP

sem título
Noilton Pereira - Ruy Barbosa, BA

Família do campo
Flavio Benedito - Londrina, PR

Juventude! Veja, escute e aprenda!
Elen Guerra - Mairinque, SP


==============
Galeria Especial

Fotógrafa convidada:
Laura Helena dos Anjos
Projeto: Toda forma de amor é válida e linda
-------
Texto sobre o concurso: Ana Carolina Haddad
....









O que de fato é "família" e qual eu quero ter?

Esses são os dois questionamentos centrais pelos quais deram-se o 6° concurso fotográfico do SOS Ação Mulher e Família, com o tema "Família: um retrato do século 21". A proposta casa com o trabalho da entidade, uma vez que a nossa intenção principal foi repercutir a quebra de padrões de gênero normativos à nossa vivência cotidiana para garantir os direitos das mulheres e, assim, proporcionar uma vivência mais igualitária e justa a todos.

A ideia de que a família é apenas aquela ligada por laços sanguíneos e por cerimônias matrimoniais, nos prende a relações hierárquicas de gênero, o que nos leva ao tratamento desigual entre homens e mulheres. Tais valores conservadores nos prendem ao senso comum de que mulheres e homens tem obrigações sociais distintas, como ela cuidar da casa enquanto ele deve sustentar a família; ela tomar conta dos filhos enquanto ele, depois de um longo dia de trabalho, tem passe-livre para descansar assistindo TV. A mulher ainda é vista no 2° plano em nossa sociedade, como um complemento a função principal que é atribuída ao homem, e isso reforça concepções machistas que objetificam a mulher e a associam com a ideia de posse. Não é à toa que em 2015 o Brasil alcançou a sua pior posição na história, em 85° lugar entre os 145 países no ranking de Desigualdade de Gênero, feito pelo Fórum Econômico Mundial; não é à toa que, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), uma mulher é atacada a cada 15 segundos  e uma é assassinada a cada 2 horas no Brasil (2017).

Mesmo em meio a esses atrasos, também vimos diversos avanços em nosso país. Em 14 de maio de 2013, foi aprovada pelo Conselho Nacional de Justiça o casamento entre pessoas do mesmo sexo, portanto, a partir de então, núcleos familiares distintos ao "padrão" foram reconhecidos. Grande avanço para a comunidade LGBT, uma vez que resguarda direitos importantíssimos como o compartilhamento de pensões, aposentadorias, inclusão em planos de saúde, o direito à adoção de crianças. Isso contribuiu também para a quebra de esteriótipo imposto à mulher dentro da família, dando-lhe, portanto, mais autonomia como figura independente e capaz na sociedade. Não por acaso, temos visto acontecer um tipo de "Primavera das Mulheres" em nosso país, com movimentos políticos em prol dos direitos delas.

Pensando nisso, a expectativa do concurso era justamente trazer à tona tal discussão extremamente atual e importantíssima para a emancipação da mulher brasileira, tanto no âmbito individual quanto no coletivista, assim como a conquista dos direitos LGBT. Recebemos 180 fotos ao todo e, entre essas, apenas uma com um casal homoafetivo.  Apesar de terem nos enviado belíssimas fotos, as quais escolhemos com muito carinho para a exposição - desde retratos que destacam críticas ao nosso sistema, quanto o mais puro carinho compartilhado em família - sentimos falta da representação que propusemos no concurso e concordamos que isso explicita o conservadorismo que falamos ainda em nosso meio. Portanto abrimos uma exceção e convidamos a fotógrafa Laura Helena dos Anjos com o seu projeto "Toda forma de amor é válida e linda", que registra famílias e casais LGBTs, para compor a exposição junto aos trabalhos selecionados no concurso, afim de abranger o tamanho significado imensurável de família que acreditamos existir.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

6º CONCURSO FOTOGRÁFICO SOS AÇÃO MULHER E FAMÍLIA - Selecionados

Saudações!

Segue a lista com os selecionados deste ano:

Albino Mahumana - Matola, Moçambique
Aline Pinheiro - Monte Mor, SP - 2 fotos
André Castellan - São Paulo, SP
Beto Fontes - Juiz de Fora, MG
Cristina Wilberg - Barcarena, PA
Dália Hofmann - Brasília, DF - 2 fotos
Elen Guerra - Mairinque, SP
Flavio Benedito - Londrina, PR
Ilana Goldsmid - São Paulo, SP - 2 fotos
Joabes Vieira - Vitória da Conquista, BA
Katia Carvalho - Rio de Janeiro, RJ  - 2 fotos
Lucinea Rezende - Londrina, PR
Marilton Trabuco - Camaçari, BA - 2 fotos
Márvila Araújo - Vila Velha, ES
Matheus Vieira - São José, SC
Mônica Flávia - Aracaju, SE
Ney Marcondes - Castanhal, PA - 2 fotos
Noilton Pereira - Ruy Barbosa, BA
Raphael Castello - São Paulo, SP
Thiago Malkowski - Florianópolis, SC
Víctor Hugo Casillas Romo - Zapopan, Jalisco, México
Vitor Miranda - São Paulo, SP
Wagner Friaça - Brasília, DF
Weydilla Cordeiro - Samambaia, DF



Saudações a tod@s! =]

Mais uma vez o NUFCA tem a honra de organizar, promover e divulgar
 um concurso de fotografia do SOS Ação Mulher e Família

O tema da vez:

"Família: um retrato do século XXI"

Mande até 3 fotos para o e-mail sosmulherfotografia@gmail.com

Serão selecionadas 30 fotos que melhor expressarem o tema do concurso.

A data limite para participação é 10 de fevereiro!

Acesse o regulamento no blog do S.O.S. Ação Mulher e Família ou através deste link

===


Segue um texto* sobre o tema do concurso:

O século XXI começa e traz consigo um clima de inconformidades, dúvidas e questionamentos a respeito do que está posto. Tal movimento pode ser tomado negativamente, traduzindo-se no ressentimento vindo da idéia de que o mundo nos deve algo, que temos o dever de ser o que se espera de nós, ou ainda que “estamos condenados a sermos livres”, como disse Sartre ainda no século passado.

Se encarado positivamente, este clima pode se configurar na desconstrução e logo, reconstrução, de ideários, dogmas, deveres e certezas cristalizadas, tal qual a família, ou talvez seria mais correto dizer o “conceito de família”.

Podemos refletir que de fato esta instituição entrou para o conglomerado dos “repensados” - revista em suas estruturas e, ainda que minimamente, ressignificada.

Família patriarcal, matriarcal, de base sólida ou permeável; de sangue ou de coração, imposta ou escolhida - Sua importância é indiscutível e suas influências estarão eternamente impregnadas no sujeito, servindo-lhe de bagagem por toda a vida.

Ao avaliarmos o contexto social, veremos que a relação que a mulher mantém com a família tem um peso e uma noção de obrigação bastante peculiares. Ela é aquela que será cobrada a ficar com a mãe, aprender os afazeres domésticos e se manter sempre por perto, alerta aos cuidados necessários, ainda que isso impacte ou impeça seu avanço profissional, pessoal, financeiro, cultural...
Sem contar com a maternidade, selecionada pela evolução, e com a maternagem, processo que, em dado momento, foi considerado sagrado por instituições com interesses diversos, dos mais aos menos nobres.

O século XXI ainda engatinha, e com esse movimento rudimentar, vemos neste sentido, questionamentos que colocam-nos a pensar: “O que é de fato família?” e “Qual família gostaria de ter?” Seja com ele, com ela, eles, elas, eles e elas…

Bom seria se cada um tivesse família: campo vasto, fértil e semeado, que com calor, cuidado e paciência se torna vale de flores e frutos, vale de sonhos, de conquistas, de lutas, mas também vale de repouso, de colo, de calmaria.

Talvez, a/o única(o) que possa definir “família” é quem faz parte dela! Seja ela qual for...


* Por Rodolfo Olivieri - voluntário do SOS/AMF





terça-feira, 3 de novembro de 2015

5º CONCURSO SOS/ AMF --> GALERIA VIRTUAL!

Saudações a tod@s!

Seguem as fotos selecionadas do 5º Concurso de Fotografia S.O.S. Ação Mulher e Família!


GALERIA VIRTUAL

"MULHER: QUEBRANDO PARADIGMAS!"

"Em meio ao processo contínuo de conquista e consolidação de direitos, ocorre uma ressignificação do papel e da atuação da figura feminina nos campos social, político, econômico e cultural.
O 5º Concurso de Fotografia do SOS Ação Mulher e Família convida tod@s a pensar nas múltiplas ocasiões em que a mulher está na linha de frente da mudança no Brasil e no mundo."


Juliana Aguilera Lobo - Voluntária do SOS/AMF em trecho do texto para o concurso.



Mulheres Radiantes
Rudival Marques dos Santos Filho
Aracaju - SE


Gestante pujante 01
Alexandre Périgo
Divinópolis - MG


Labuta que não tem fim
Silvia Ferrante
São João da Boa Vista - SP


Asé
Estefânia Dália Hofmann Mota
Brasília - DF


Show de Bola
Maria Alice Costa
Rio de Janeiro - RJ


Carmem
Vitor Luiz de Miranda
São Paulo - SP


Manifesta!
Vitor Luiz de Miranda
São Paulo - SP


Tiro Esportivo
Wagner Fraga Friaça
Brasília - DF


A Bela que é Fera
Wagner Fraga Friaça
Brasília - DF


Conflito Laboral
Uli Schmidt
Trier - Alemanha


Antes Que Eu Volte a Ser Nada
Cesar Augusto Fabbri
Campinas - SP


Novas Guerreiras
Cesar Augusto Fabbri
Campinas - SP


Refeição da Cátia
Alexandre Cantaluppi Silvestri de Freitas
São josé dos Campos - SP


Mulheres engajadas na política - sobre Ayotzinapan 01
Victor Casillas Romo
Guadalajara - México


Mulheres engajadas na política - sobre Ayotzinapan 02
Victor Casillas Romo
Guadalajara - México


Samara é fogo!
Fernanda Barros de Matos
Brasília - DF


Mira dela
Beliza Boniatti
Porto Alegre - RS


1.529.660,00g
Beliza Boniatti
Porto Alegre - RS


Pela pele de Letícia
Bruna Pregnolatto
Sorocaba - SP


Dia de Treinamento #2
Élisson Rios
Salvador -  BA


Marchando contra o cancro de mama
Albino Mahumana
Maputo - Moçambique


Ventre Livre
Igor Martins França
Rio de Janeiro - RJ


Mulheres Negras em Marcha
Claudia Ferreira
Rio de Janeiro - RJ


Falando de Gênero
Claudia Ferreira
Rio de Janeiro - RJ


Cacique Lucélia
Joelma do Couto
São Paulo - SP


Mulher na Luta 
Kílvia Maia Gadelha
Capim Grosso - BA


Rock and Woman
Marilton Trabuco
Camaçari - BA


Êxtase Feminino
Marilton Trabuco
Camaçari - BA


Marcha das Margaridas 01
Adriana Medeiros Ramos
Rio de Janeiro - RJ


Marcha das Margaridas 02
Adriana Medeiros Ramos
Rio de Janeiro - RJ


x------ FIM ------x



======================================================================

Olá pessoal!

Finalmente o concurso do SOS/AMF chega ao Grand Finale.

Parabéns a tod@s fotógraf@s que participaram!
Tod@s tem feito difíceis as escolhas d@s jurad@s e engrandecem o concurso com muita beleza mas, acima de tudo, crítica e sensibilidade.

Que vários paradigmas sejam quebrados por um mundo mais justo, igualitário e feminino! =]
Gratidão a tod@s! 

É com muito orgulho que anunciamos @s selecionad@s deste ano:

- Adriana Medeiros Ramos
Rio de Janeiro - RJ

- Albino Mahumana
Maputo - Moçambique

- Alexandre Cantaluppi Silvestri de Freitas
São josé dos Campos - SP

- Alexandre Périgo
Divinópolis - MG

- Beliza Boniatti
Porto Alegre - RS

- Bruna Pregnolatto
Sorocaba - SP

- Cesar Augusto Fabbri
Campinas - SP

- Claudia Ferreira
Rio de Janeiro - RJ

- Élisson Rios
Salvador -  BA

- Estefânia Dália Hofmann Mota
Brasília - DF

- Fernanda Barros de Matos
Brasília - DF

- Igor Martins França
Rio de Janeiro - RJ

- Joelma do Couto
São Paulo - SP

- Kílvia Maia Gadelha
Capim Grosso - BA

- Maria Alice Costa
Rio de Janeiro - RJ

- Marilton Trabuco
Camaçari - BA

- Rudival Marques dos Santos Filho
Aracaju - SE

- Silvia Ferrante
São João da Boa Vista - SP

- Uli Schmidt
Trier - Alemanha

- Victor Casillas Romo
Guadalajara - México

- Vitor Luiz de Miranda
São Paulo - SP

- Wagner Fraga Friaça
Brasília - DF


PS. Posteriormente publicaremos as imagens selecionadas nesta página.

=============================================================
Saudações a tod@s! =]

Mais uma vez o NUFCA veste a camisa do SOS Ação Mulher e Família para divulgar e organizar o 5º Concurso de Fotografia desta importantíssima instituição que já há 35 anos atua no combate a violência contra a mulher!

O tema da vez:
- Mulher: Quebrando Paradigmas

"Em meio ao processo contínuo de conquista e consolidação de direitos, ocorre uma ressignificação do papel e da atuação da figura feminina nos campos social, político, econômico e cultural. Dessa forma, o 5º Concurso de Fotografia do SOS Ação Mulher e Família convida a todas e a todos a pensar nas múltiplas ocasiões em que a mulher está na linha de frente da mudança, tanto no Brasil quanto no mundo."

Juliana Aguilera Lobo - Voluntária do SOS/AMF em trecho final do texto escrito especialmente para o concurso.
Cartaz do 5º Concurso de Fotografia SOS/AMF elaborado pela artista e designer Elisa Priedols


Mande até 3 fotos para o e-mail sosmulherfotografia@gmail.com

Serão selecionadas 30 fotos que melhor expressarem o tema do concurso.
A data limite para participação é 15 de fevereiro de 2016!

Acesse o regulamento no blog do S.O.S. Ação Mulher e Família ou através deste link.